Arquivo da tag: Talibã

Exército paquistanês ataca helicópteros da Otan (Folha)

Na Folha Online:

Dois helicópteros da Otan (Organização do Tratado Atlântico Norte) foram atacados nesta quinta-feira por tropas do Paquistão, confirmaram hoje autoridades paquistanesas e americanas. Segundo a Otan, não houve vítimas ou danos.

A denúncia do ataque partiu da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês) que opera em nome da Otan no Afeganistão. Em comunicado, informou hoje que “helicópteros da Isaf receberam fogo de artilharia pesada de um posto de controle militar fronteiriço, próximo do distrito de Tanai”, que fica na Província de Khost, no Afeganistão.

(…) Em comunicado, o Exército do Paquistão apresentou uma versão diferente. Informou que os helicópteros cruzaram a fronteira do Afeganistão e entraram na área Said Gai, em território paquistanês, localizada na região do Waziristão do Norte (…)

Leia a matéria completaExército paquistanês ataca helicópteros da Otan, Folha Online

***

Com o Paquistão e OTAN se entendendo bem desse jeito, quem ganha são Talibã e Al-Qaeda…

Uma de terrorismo mais quatro bacanas

Uma notícia de terrorismo:

Arming the Taleban, BCC

Como o Tailbã obtém hoje armas do Irã e através do Paquistão e da Rússia. Fundamental para delegados do Afeganistão e de países que têm tropas lá.

Quatro notícias úteis, interessantes, ou bacanas:

Hackers invadem e-mail de Sarah Palin, BBC

Rice critica Rússia, BBC

Quarta Frota indica que EUA tá atrás do petróleo, diz Lula, Reuters

Saiba os principais pontos em discussão na Bolívia, Folha de São Paulo

Ex-deputado americano acusado de financiar terrorismo

Notícia velha: o ex-deputado Mark Siljander (Partido Republicano – Michigan), que serviu na Câmara de 1981 a 1987, foi acusado em janeiro de 2008 de financiar um terrorista. Siljander teria patrocinado uma organização de caridade que deu dinheiro a Gulbuddin Hekmatyar, cidadão afegão aliado do Talibã e da Al Qaeda e procurado pelos Estados Unidos.

Fonte: Former lawmaker charged in terrorism case, CNN

Notícia nova: foi estabelecida a data do começo do julgamento: 2 de novembro de 2009.

Siljander was indicated in January on charges of money laundering, conspiracy and obstruction of justice. The government alleges the agency used stolen money to pay Siljander for lobbying efforts and that Siljander lied to federal investigators.

Prosecutors say the organization aided a terrorist with ties to al-Qaeda and the Taliban.

Siljander has pleaded not guilty. His lawyer has said Siljander “vehemently denies” the charges.

Fonte: Former Southwest Michigan Congressman Mark Siljander to stand trial in 2009, Kalamazoo Gazette

Homens-bomba matam pelo menos 60 no Paquistão

Do Estadão:

ISLAMABAD – Dois homens-bomba atacaram uma fábrica de armas no Paquistão nesta quinta-feira, 21, matando pelo menos 63 pessoas e ferindo outras dezenas, segundo informações da rede BBC. Os terroristas detonaram os explosivos em dois portões diferentes enquanto os trabalhadores deixavam o local.  No entanto, alguns sobreviventes sofreram ferimentos muito graves e fontes nos serviços de segurança temem que o número de mortes aumente ainda mais. O Taleban assumiu a responsabilidade dos atentados. O porta-voz do grupo no Paquistão, Maulvi Omar, declarou à emissora americana que seu grupo – o Tehrik-e-Taleban – era responsável pelos ataques.

O Paquistão está sofrendo com uma onda de atentados suicidas, com ataques em várias cidades, como Peshawar, Dera Ismail Khan e Lahore, que registraram mais de 50 vítimas fatais nos últimos dez dias. A fábrica militar está instalada na zona de Wah Cantt, na localidade de Taxila, em uma área situada a cerca de 30 quilômetros de Islamabad, onde o Exército tem um grande número de instalações.

Um contingente de soldados e policiais cercou o local atacado e impediu a aproximação de jornalistas. A televisão local mostrava filas de ambulâncias na avenida que leva à fábrica.

Maulvi Umar, um porta-voz dos milicianos pró-Taleban que atuam no Paquistão, reivindicou a autoria do duplo ataque suicida em nome dos rebeldes. Umar afirmou à Associated Press que a ação foi uma retaliação aos ataques aéreos promovidos pelas forças paquistanesas em Bajur, um bastião rebelde perto da fronteira com o Afeganistão. Umar advertiu ainda que os insurgentes promoverão ações similares em outras importantes cidades do Paquistão, inclusive na capital, Islamabad, a não ser que as Forças Armadas do país cessem suas operações contra eles.

As forças de segurança paquistanesas estão envolvidas em uma batalha contra extremistas islâmicos em duas regiões no noroeste do país, apesar dos esforços do governo em negociar um acordo com os grupos militantes. Policiais e militares têm sido alvos de atentados desde o início da onda de atentados terroristas, que culminou no assassinato da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto durante campanha eleitoral, em dezembro.